Cada fase de desenvolvimento dos bebês é muito esperada pelos pais. A primeira palavra, a primeira risada e é claro: os primeiros passos.

É um momento único e mágico, porém o bebê aprendendo a andar exige mais atenção e cuidado por parte dos responsáveis.

A rotina dos brasileiros é muito agitada e fica difícil ficar atento o tempo todo. Eles começam a dar seus passos, subir em móveis, pegar coisas…Faz parte do desenvolvimento, mas bate o desespero.

Quer saber quais cuidados tomar para garantir a segurança do bebê? Continue a leitura.

Papai com bebê
Papai com bebê

Dicas de segurança para bebês aprendendo a andar

São várias as coisas que precisam da atenção de quem está cuidando das crianças nessa fase, saiba quais são os principais:

1- Sacadas e janelas

Um dos maiores medos que os pais enfrentam quando os bebês começam a dar seus passos sozinhos é o medo que eles se aproximem de janelas e sacadas.

Pelo fato de serem partes altas, podem resultar em quedas gravíssimas, principalmente para pessoas que moram em apartamentos.

Quando falamos nesse assunto, todo cuidado é pouco. É preciso limitar o acesso a essas regiões e investir em redes de proteção.

Nunca deixe móveis perto das janelas e sacadas, os bebês podem usá-los para escalar.

As redes são uma ótima forma de garantir que as crianças estejam seguras, pois, nunca se sabe quando vamos esquecer uma porta aberta que liga a sacada, então confiar apenas nisso pode ser perigoso.

2- Escadas

Os ambientes com escadas também são perigosos para bebês aprendendo a andar.

Como os pais não conseguem ficar o tempo todo olhando, a criança pode sofrer um acidente de forma muito rápida.

O ideal é que as escadas estejam trancadas com portões especiais para crianças, são inclusive fáceis de se encontrar. 

3- Fogão e panelas ligadas

Os bebês andando pela cozinha é algo que pode resultar em sérios acidentes domésticos. Por isso, é importante tomar cuidados.

Nessa fase, eles são muito curiosos e querem pegar tudo que podem. Por isso, para mais segurança, não deixe os cabos das panelas virados para fora e quando for realizar frituras opte por usar as bocas traseiras do fogão.

4- Cuidado nas ruas

Passear com as crianças é divertido e relaxante, porém quando o bebê está andando os cuidados redobram.

Antes, com a criança no carrinho era fácil de controlar, mas sabemos que as crianças livres podem correr em direção às ruas e correrem riscos de atropelamento.

Por isso, não solte a mão da criança em nenhum momento. É importante também já ensinar a criança sobre os sinais do farol e quando pode ou não atravessar.

5- Aparelhos eletrônicos e tomadas

Outro risco a que os bebês estão expostos é levar choques. Por isso, nunca se deve deixar carregadores na tomada em locais baixos de fácil acesso, além dos famosas tomadas agregadas com várias outras ligações, pois oferecem riscos tanto para os pequenos quanto para os adultos.

O ideal é tampar as tomadas que não estão sendo usadas e explicar para a criança que é errado colocar o dedo na região.

6- Piscinas

A morte por afogamento é uma das que mais atinge as crianças. Todo cuidado é pouco quando falamos no assunto, principalmente com os pequenos que estão aprendendo a andar.

Para maior segurança, é indicado que sejam usadas telas de proteção e tampas sob as piscinas, evitando acidentes.

Parece difícil cumprir todos esses cuidados, mas é essencial para a prevenção de acidentes. Afinal, essa é uma linda e única fase da vida das crianças, merece toda a atenção que pudermos dar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.